Os pilares

Amor, Verdade e Respeito

Todo a animal cumpre estes pilares e mais um que intencionalmente não vou expor aqui, pois esse dominio de conhecimento está a ser trabalhado por Michael Tellinger e cada um na sua parte e na sua vontade de cumprir com o todo, força Michael quando tiver vontade amarei mais e quem sabe até pessoalmente que bem mais rápido e melhor.

Mas voltando a esta parte das bases, os pilares. O mais fácil de explicar é a Verdade, pois certamente que entendem que a mente apenas aceita verdade, e quem é verdadeiro caça sempre o mentiroso. A mentira sendo um erro, faz-nos perder tempo.

O Respeito, estando relacionado com respeitar os movimentos das outras vidas, se estivermos atentos a todos os tipos de movimento de todas as vidas que nos rodeiam, no agora vamos estar a dar liberdade a todas as outras vidas e ter direito à liberdade dos nossos movimentos, assim viver consciente dos pilares no agora com o todo torna-se magnifico e por isso tal como os mestres Zen fazem ver, o método de Cristo torna-se bem cientifico e real mas não está total pois permite interpretações desnecessárias, devido á definição de amor estar mal esclarecida.

O Amor, sendo sensivél e frágil e estar em todos os meios manifestado, é no mais simples de explicar, um vasto conjunto de sistemas em equilibrio, perturbado apenas por excepções, quando a perturbação é grande a ausênsia de amor mostra o ser desiquilibrado. É sempre necessário corrigir do mais pequeno sistema para o maior, e o ser desiquilibrado perturba o meio pois provoca destruição abusiva, e sendo então um semi-Deus demasiado inconsciente e não podemos permitir que destrua e desrespeite vida por desiquilíbrio e consequinte Revolta, contudo é com amor que devemos ajudar, pois tal como mostra a lei da atração, amor atrai mais amor.

E como respeitar todos os movimentos de todas as vidas é respeitar Vida, e como tento mostrar e definir vida é movimento, e o provocador, dono e senhor da Vida é o senhor(Rei) da Luz, contudo tem que respeitar os outros dois, nada pode fazer é a lei natural dos sistemas, a senhora(Rainha) da Escuridão faz o seu domínio e julgamento, pois a morte é seu carrasco.

E o senhor da Paz é apenas um simples semi-Deus, acordado e consciente, que consegue manifestar a origem de forma tão pura que consegue ajudar os outros a importância de andar consciente perante o Divíno e apenas adverte, ajuda a guiar o ser, a ser ele próprio, uma manifestação de todos os que estão nele (RL+RE+DEUS=1-1=0)+vida=0+1(total/inteiro se Amor), magnífico e se consciente e acordado, um ser a fazer parte da Solução e em Paz, e não um ser revoltado e um PROBLEMA.

Estamos a evoluir, já sabemos imenso, estamos a usar mal o conhecimento que já temos.

Carpe nunc.